top of page
  • neereis

Drops Mensais: 12/22


Nunca que iria desperdiçar a chance de usar esse Baek criminoso numa postagem de final de ano!

MEU DEUS, O ANO ACABOU! E confesso que não imaginava que conseguiria levar essa coluna até o final, por isso estou muito feliz! Meu objetivo inicial era registrar as coisas que estava acompanhando durante todo o ano para poder desabafar sobre os plots, despejar os sentimentos e/ou frustrações acerca da trama assistida, mas percebi que foi bem melhor do que imaginei. Pude conversar com mais pessoas sobre as coisas que via e trocar figurinhas de uma forma muito legal, então o resultado é 10/10! Não sei se em 2023 eu vou conseguir manter assim certinho, como foi durante todo o ano de 2022, mas sempre que a vontade bater, nem que seja resumindo trimestres ou coisas muito boas ao meu coração, por exemplo, estarei de volta.


Eu me senti muito abençoada com os dramas desse ano, principalmente os do primeiro semestre, numa sequência arrebatadora de histórias incríveis e que arrebataram meu coração seja pela trama, as personagens, o romance ou tudo isso junto! Espero que pra você que me lê tenha sido uma experiência parecida com a minha! E por falar em vivenciar a dramaturgia, vamos seguir a ordem estabelecida! Começo por dramas finalizados (seja recentemente, seja maratonando um antigo) e sigo com aqueles que ainda estão no ar:


Love is for Suckers (Viki; 16/16): eu realmente estava gostando desse drama e bastante envolvida pelo começo promissor (que me cansou no 4 ep, mas me fez voltar a gostar quando ficou parecendo com Unreal) e pelo plot, o casal secundário é PERFEITO, principalmente se a gente pensar quão improvável eles eram no começo da história e o casal de amigos dos protagonistas também eram a coisa mais especial do mundo, mas sabe quando as coisas vão... cansando? Acho que não precisava tanta enrolação pros protagonistas ficarem juntos, sabe? Entendo os traumas dela, os anos de amizade e de sentimento segredado de ambos os lados, mas a história foi morrendo na reta final: uma pena.


She and Her Perfect Husband (Viki; 40/40): a sinopse e os primeiros episódios me fisgaram de imediato, senti como se estivesse encontrando um novo casal preferido pra chamar de meu, mas mas mas... por que enfiaram um ex banana na história e uma mulher INSUPORTÁVEL no pé da protagonista? E por que os plots de todos os outros núcleos foram ficando insuportáveis? E por que separaram meu casal, a única coisa 100% do drama, na reta final, enfiando passagem de tempo no último episódio pra só deixar eles juntinhos de novo ali? CRIME!!!! Quin Shi é uma das protagonistas mais legais que já conheci e me senti roubada pelo potencial roubado!


May I Help You (16/16): Fui pelos protagonistas porque sou uma mulher fácil: você coloca a Hyeri na tela, eu vou ver ao menos o primeiro ep. Mas sabe aquelas histórias que crescem? Essa. No meio do drama eu fiquei com preguiça de acompanhar porque tava achando tudo muito chato (a chata, talvez, era eu, haha), mas essa semana eu fiquei pensando como o drama terminou e maratonei os episódios que faltavam e não é que o título é bastante metalinguístico?! "May I Help You?", eles perguntam, e penso que todos que acompanharam, em algum momento, se sentiram ajudados a entender algo que se passava por dentro. É sensível, bonito, divertido (às vezes meio lento, haha), mas fala tanto sobre o ser humano e as relações que fazemos no meio do caminho que é impossível não se identificar em algum momento (ou na maioria deles). No fim das contas, o drama nos mostra como é bom estar vivo. Amém!

Não se preocupe, okay?

Silent (Viki; 11/11): como diria o Casimiro, "estamos falando de elite!" Esse jdrama é incrível! Lindíssimo, sensível, poético, real! De uma delicadeza de texto, de tom, de atuação... e de OST inesquecível. Abordaram a deficiência auditiva de uma forma muito abrangente e profunda, trazendo pontos de vistas e vertentes diferentes sobre o mesmo assunto, e eu amei esse aspecto que trata um universo de semelhanças sob a ótica das diferenças entre os iguais. É uma belíssima história de amor que deveria entrar para a lista de todas as pessoas que gostam de boas histórias! (e ainda tem uma personagem que usa camisetas com frases em português!) principalmente ao pensar sobre o aquele momento em que quanto mais um diz que nada mudou, mais o outro vivencia as mudanças e mudar é tão difícil, né? Ainda me pego pensando nessa frase: "flores não emitem som, mas contém palavras que podem transmitir muitos sentimentos."


First Love (Netflix; 09/09): Já que estamos falando de dramas japoneses, esse foi um outro presente de 2022. Que história LINDA que me fez chorar UM RIO DURANTE O EP 08!!! Mais uma personagem surda (boa, Japão!!) muito bem representada, mais uma história de amor incrível: essa, atravessando o tempo e as memórias; fundindo passado, presente e futuro da forma mais especial possível. Eu falei mais sobre este drama aqui, então não vou me prolongar.


Alice in Borderland 2 (Netflix; 08/08): TRIPLETE JAPONÊS NO ANO PORQUE MAIS UMA PERSONAGEM PCD SENDO MARAVILHOSA!!! Estava completamente ansiosa pelo retorno dessa temporada e eu não poderia ter ficado mais feliz! Acompanhar as desventuras dos meus queridinhos em meio ao baralho da vida foi, novamente, incrível! O nível dos jogos continuou excelente, o aprofundamento nos demais personagens foi crucial para o andamento da trama e AQUELE FINAL!!! Nossa, como eu vibrei quando a minha teoria foi confirmada! É MUITO BOM DO COMEÇO AO FIM!!

Tô brincando!

The Fabulous (Netflix; 08/08): CHOI MINHO SEM CAMISA EM TODAS AS OPORTUNIDADES POSSÍVEIS! Isso seria suficiente para me fazer assistir? Sim. The Fabulous, à primeira vista, remete ao glamouroso mundo da moda, com toda pompa, beleza e brilho. E quanto mais você buscar por isso, mais você pode se decepcionar porque, fabulosa mesmo, é a relação de pertencimento que o quarteto de jovens solidifica diariamente. Falei mais sobre ele aqui.


The Glory (A Lição, Netflix; 08/08): minha última maratona do ano foi maravilhosa! O drama conta a história de um adolescente vítima de violência escolar (as cenas são chocantes! nível The King of Pigs! misericórdia!!!) que arquiteta sua vingança e começa a colocá-la em prática quase 20 anos depois, tornando-se a professora da filha do seu maior algoz, mas sem se esquecer de todos aqueles que foram cúmplices de tanta atrocidade. Nisso, surge uma parceria improvável, um interesse romântico fofíssimo (igualmente traumatizado? preciso de cenas do passado dele com urgência!!) e atuações maravilhosas! Eu não vejo a hora de assistir a 2ª parte, com data de estreia prevista para março/2023!


Alchemy of Souls 2 (06/10): OS AMORES DA MINHA VIDA ESTÃO DE VOLTA, AINDA MELHORES E MAIS LINDOS! Nossa, como essa história é INCRÍVEL! Eu estou completamente apaixonada pela Buyeon e toda a relação que essa Naksu tem construído com o Uk! Faltam apenas 04 episódios para o fim e eu não estou pronta para me despedir dos meus preciosos. A temporada está muito mais sombria que a primeira e eu estou bastante investida no plot do dragão de fogo (inclusive acho que ele é a representação da Naksu como o Uk é da pedra de gelo e por isso se completam como yin-yang)! Realmente, nas Sisters Hong eu posso confiar!


The Interest of Love (02/16): como eu disse acima, eu sou uma mulher fácil blá-blá-blá troque o nome da Hyeri pelo da Kayoung e ZÁS! Eu estava esperando esse melodrama estrear porque eu amo slice of life e quando eu li FUNCIONÁRIOS DE BANCO QUE POSSIVELMENTE SE APAIXONAM, pensei: quero! Melhora pelo protagonista ser o padreatra-irmão-mais-velho-do-Sehun? Certamente! Em dois episódios eu já tenho um querido que também era de Hospital Playlist (acho! não fui pesquisar...) e que não deve ter destaque nenhum, mas já amo, e sigo ansiosa pelas cenas dos próximos capítulos, literalmente.


Saindo dos dramas, finalizei a 2ª temporada de Spy x Family (Crunchyroll; 13/13), e confesso que ela pareceu mais um monte de filler que o curso natural da história: não estou reclamando, eu amo ver a Anya em qualquer situação; mas poderiam ter dado mais um episódio como o último para sentirmos estar avançando rumo à 'paz mundial', rs. Finalizei Lipstick Prince (16/16), um reality em que idols aprendem a fazer maquiagem e não pensei que fosse me divertir tanto vendo como o Doyoung (NCT) é natural pra isso ou como o Shownu (Monsta X) é engraçado com aquela mãozona pesada aplicando blush! Também, estou acompanhando meu amado Single's Inferno 2 (Netflix; 06/10) e, pra variar, completamente viciada! Passo muita raiva com pessoas BURRAS e HOMENS OTÁRIOS, mas também dou muita risada! O nome da temporada: LEE NADINE! O anjo injustiçado: HANBIN! O gostoso da praia: JINYOUNG!! Esses são meus 03 estágios assistindo a essa farofa deliciosa:


Musicalmente, dezembro foi de MUITA bênção para os meus ouvidos! Chase, do Minho, veio não apenas como a última peça do quebra-cabeças do SHINee, mas também mostrou o tanto que o Minho é talentoso porque QUE SOLO INCRÍVEL! Todas as músicas entraram para a minha lista de mais ouvidas desde a semana de estreia (Prove It poderia ter saído de um álbum do SHINee tranquilamente, até as vozes já separei mentalmente). Ditto, das NewJeans, foi outra que grudou em mim tal qual super bonder e Doodle, o solo do Changbin no SKZ REPLAY (O SOLO DO MINHO!!! O DO FÉLIX!!! AAAAAH!!!), foi outra canção que comprou um lote imenso na minha cabeça. Também me apaixonei por Candy, o álbum de inverno do NCT Dream, a Nothing With Me do Lay, o Love or Loved, Pt. 1 do B.I, e tenho ouvido muito duas playlists minhas (uma delas do Seventeen e a outra estilo korean coffee shop), além do Junny (obrigada, Jude!), do Dean, e das OST japonesas dos jdramas que estava acompanhando.


Por favor, foco no minuto 1:06... i CANT running running running running run...


 

Retrospectiva de 2022 numa imagem:

Eu sinto muito por agir como se eu fosse uma pessoa normal

1 Comment


Guest
Jan 01, 2023

Bom dia, minhas meninas do blog mais lido por esta que vos tecla!!!!

Amo muito e espero sempre por notícias e novidades que me proporciona abrir a mente e mantê-la xovem.

Vanessa, minha musa inspiradora! Não acabei silent... Tô ficando assim, começa e não vou acabando. Vou ver, pra ter uma conversa reta contigo depois😁.

Tentando ver Alice... Na primeira temporada: um episódio e já me deu falta de ar! Aflitivo demais! Por isso é bom, mas em doses pequenas nesses dias de calor, e de ansiedade pessoal. Bom, é isso por enquanto. Todas devem estar dormindo nesse dia 1 de um ano novo ( esperança meio que renovada em mim)

Like

Se inscreva para não perder as novidades!

Obrigada por se inscrever!

ÚLTIMAS POSTAGENS

BUSCA DE POSTAGEM

*Se os gifs retirados do Tumblr não aparecerem corretamente, basta atualizar a página*

CATEGORIAS

TAGS

ARQUIVO DE POSTAGENS

bottom of page