top of page
  • neereis

Pessoa Idosa com P de Protagonista

26 de julho é a data escolhida para comemorar o dia dos avós, em alusão aos dias de Santa Ana e São Joaquim, os avós de Jesus. Eu tenho uma relação de muito companheirismo e amor pelos meus avôs (engraçado que não tive a mesma coisa com as minhas avós, apesar de uma delas ter falecido quando eu ainda era criança e eu não me lembrar muito bem dela) (meu avô paterno completou 102 anos esse ano!) e amo encontrar na ficção, principalmente naqueles dramas slice of life, relacionamentos que demonstrem essa vivência intergeracional.


Assim, decidi listar 04 dramas dos quais gosto bastante e que trazem a pessoa idosa em destaque, principalmente nas relações construídas em amor e carinho, seja na família, seja na comunidade.


  • Navillera (Netflix, 12 episódios)


Navillera narra o encontro intergeracional e a belíssima amizade entre Chaerok (Song Kang), um bailarino de 23 anos, e Deokchul (Park Inhwan), um homem de carteiro aposentado de 70 anos, que decide realizar o sonho de infância de ser bailarino. Entre os percalços da vida de cada um e uma primeira aproximação conturbada, a amizade entre os dois torna-se extremamente preciosa, tornando-os família; numa linda relação avô e neto que, certamente, mudou a vida de ambos em diversas maneiras.


A representação da pessoa idosa e todas as suas novas necessidades, adquiridas pelo tempo, é feita de forma bastante sensível e é impossível não se apaixonar pelo carisma desse vovô gentil e afetuoso. O drama nos mostra que não há idade para sonhar e nos emociona com uma belíssima história de amizade.


  • Hometown Cha-Cha-Cha (Netflix, 16 episódios)


Hometown Cha-Cha-Cha é outro exemplo perfeito de laços familiares construídos pela vivência diária e pelo afeto, sem a necessidade da consanguinidade. Dusik (Kim Seonho) foi acolhido por Gamri (Kim Youngok) quando perdeu todos os familiares na infância, quando, depois de adulto, precisou retornar a Gongjin. E o relacionamente deles dois é uma das coisas mais lindas da TV! O amor dessa avó alimentou seu neto a crescer saudável por fora e, principalmente, por dentro: foram dela as palavras para ele conseguir se perceber, se perdoar, se resolver internamente; por causa dela ele aprendeu a ser feliz e a não se assustar a receber amor.


O drama trouxe mais algumas representações de pessoas idosas, demonstrando o quanto a figura da Gamri, por exemplo, era o pilar do vilarejo, numa clara demonstração de reconhecimento pela grandeza daqueles que muito viveram e muito carregam dentro de si. Falamos sobre HomeCha aqui.


  • Our Blues (Amor e Outros Dramas, Netflix, 20 episódios)


Se você assistiu a Our Blues e não se desmanchou de chorar na "cena das cem luas", eu desconfio que você tenha uma moela no lugar do coração. Chunhui (Go Dusim) é uma haenyeo (mergulhadora de grandes profundidades sem equipamento) e a vovó da Eungi (Gi Soyoo), a criança mais adorável da dramaland! Quando elas passam a morar juntas, as cenas que seguem são perfeitas! Porque mostram que "nem tudo são flores" e que é difícil demais superar os conflitos geracionais entre uma adulta acostumada a morar sozinha e uma criança que, de repente, tem toda a vida modificada porque precisa passar um tempo na casa da avó, longe dos pais e dos amiguinhos; convivendo basicamente com adultos que ela via de vez em quando.


No drama, a relação das duas nos mostra a importância do ouvir: o outro, a si mesmo. E a partir do ouvir, do perceber o outro, foi que avó e neta aprenderam a conviver em amor... a construir um futuro de esperança e carinho. Falamos sobre Our Blues aqui.


  • Dear My Friends (16 episódios)


Dear My Friends traz um elenco quase todo composto por pessoas idosas e narra de forma belíssima as questões universais sobre o envelhecimento, os relacionamentos, a amizade e a família. Sem filtros ou camadas fofinhas para romantizar, estes queridos amigos compartilham suas histórias: de solidão, de conflitos familiares, de enfrentamento de doenças, de desafios sobre recomeços, de amor — inclusive o romântico. E eu amo o fato de o drama demonstrar todos os personagens da forma mais humanizada possível e, por isso, com toda a complexidade das personalidades: do eterno galã àquele que foi amargando com o tempo até se transformar num homem insuportável, da rabugenta àquela que ainda guarda quês de ingenuidade. É impossível não se identificar com algum deles, não os relacionar com pessoas idosas que você conheça.


Dear My Friends é muito realista ao tratar sobre temas necessários, como o machismo, a violência doméstica, o enfrentamento de doenças, a iminência da morte, mas também a importância das amizades de uma vida inteira, as pequenas famílias que a convivência nos proporciona, o amor que não tem idade para acontecer... tudo isso sem perder a sutileza.


 

Já assistiu a esses dramas? Indica algum outro nessa temática?

2 comentarios


Invitado
26 jul 2023

Oxi.... Me emociona todas as referências!!!

Muito obrigada por escrever algo tão humano.

Me gusta
neereis
neereis
02 oct 2023
Contestando a

<3

Me gusta

Se inscreva para não perder as novidades!

Obrigada por se inscrever!

ÚLTIMAS POSTAGENS

BUSCA DE POSTAGEM

*Se os gifs retirados do Tumblr não aparecerem corretamente, basta atualizar a página*

CATEGORIAS

TAGS

ARQUIVO DE POSTAGENS

bottom of page