• deboratheobald

Todos os personagens de Falling Into Your Smile são perfeitos e eu posso provar.

Disclaimer: todos os personagens que REALMENTE importam.

No caso, eles™

Meu processo em assistir Falling Into Your Smile, um c-drama com 31 episódios com média de duração de 40 minutos e disponível no Viki, foi o mesmo de quase tudo. Li uma review (ótimo texto no Valkirias #ad), senti que precisava assistir pra que os meus chakras se alinhassem, acabei esquecendo que existia até lembrar meses depois e, então, finalmente assistir.


Devorei tudo até a metade, por aí, porque found family, casal que só fica de picuinha, protagonista sisudo e sou o maioral que se apaixona primeiro, BFF de milhões? Tudo o puro suco do chef's kiss, mas aí a vida me deu rasteira, fiquei semanas empacada - ajudou também que durante uns três episódios os roteiristas claramente tiveram uma grande crise criativa e escreveram o que deu e entregaram; a gente entende, besties, acontece com os melhores -, mas, o que importante é que no fim me vi ainda mais apaixonada por e-sports, com a convicção de que a China realmente sabe o que faz e que todos o personagens desse c-drama merecem ser guardados em um potinho, protegidos de todo o mal e que suas relações afetivas recebam todo cuidado e alimento para só crescerem pois QUE PRECIOSIDADE.


Lu Si Cheng

Começo minha argumentação na corte defendendo minha teoria que ninguém nunca vai reunir melhores personagens em uma só história, com as melhores dinâmicas já escritas, como Falling Into Your Smile fez, apresentando o capitão da equipe de e-sports ZGDX, Lu Si Cheng (Xu Kai). Ele é o maioral da indústria, o tipinho ninguém acima, só que literalmente, e que não se deixa afetar por coisas mundanas, corre até um boato entre os fãs que ele nem é humano e por isso não e interessa por humanos, é sisudo, o sorriso dele é uma lenda urbana porque nunca ninguém viu, etc, etc, etc; acredito que as românticas de plantão que estão lendo não precisem muito mais do que isso para entender exatamente com qual tipo estamos lidando aqui.


E é nesse momento que nossa protagonista TONG YAO (Cheng Xiao) entra para destruir toda essa fachada e fazer este homem entrar para o clube de gado demais (Yu Tu, de You Are My Glory, tava precisando de companhia, sabe). Nossa princesinha do e-sports é a primeira mulher a jogar em uma liga profissional, além de ser uma das únicas pessoas do mundo todo capaz de vencer no mano a mano Lu Si Cheng. O melhor disso? ELE PERDE PRA ELA E GOSTA porque isso quer dizer que ela é a mulher perfeita pra ele passar o resto da vida. SUSPIROS. QUE ÓDIO. QUE SACO. INFERNOOOOOO.

Enfim, voltando aqui. Eles ficam um tempão negando as aparências e disfarçando as evidências, Tong Yao se sente insegura mil vezes, tem sonhos fantasiosos casando com nosso mocinho e também que ele é um coelho e ela uma cenoura que ele não para de perseguir (não, não vou elaborar. Assistam para entender o contexto), rola crise de ciúmes porque todo cara dos e-sports tem crush na Tong Yao já que ela é adorável, bonita e chuta a bunda de todo mundo quando joga, tem um ex-namorado pé no saco na jogada que o Lu Si Cheng manda pra longe como uma mosca que te incomoda. Enquanto tudo isso rola, o dois discutem, fingem que desgostam um do outro, trocam farpas, ele carrega ela, bêbada, nas costas, ele implica com ela como um menino de quinta série que não sabe demonstrar seus sentimentos, mas cuida dela como ninguém quando ela tá morrendo de cólica, até que a situação fica insustentável e assumir o que tá rolando é a única opção. E aí, meus amigos, o resto é momento de Layana atrás de momento de Layana porque a linguagem do amor de Si Cheng é TOQUE FÍSICO.

*eu desmaiando ao fundo*

O sorriso que nunca tinha dado as caras direito não para de aparecer, MAS SÓ PARA ELA, HEIN. Toda oportunidade possível, e se não existe uma, ele cria, o homem tá tocando ela, fazendo carinho, implorando por beijo sem dignidade nenhuma. É aquilo, Deus eu vi o que você fez pelos outros e quero também. Além disso, eu curti muito a dinâmica das percepções dos dois na relação, que ao meu ver foi muito fiel a quem os personagens são. Si Cheng é seguro de tudo, de seus sentimentos, do futuro deles - sim, ele já tá planejando o casamento e os filhos, tô nem brincando -, das dificuldades que terão que enfrentar porque fãs são DOIDOS, mas que eles não largarão a mão um do outro, que mesmo com o mundo acabando ao redor eles ainda vão ganhar o campeonato de e-sports;

BESTAAAAS *cries in single*

enquanto Tong Yao é a insegurança em pessoa. Clichê para uma mocinha, eu sei, mas condiz muito com quem ela foi desde o começo, não só no relacionamento amoroso. Ele realmente gosta de mim? Como alguém como ele pode gostar de alguém como eu? Ele se arrepende de ter me beijado na frente de uma arena inteira? Sou a culpada pela ZGDX estar enfrentando crise depois de crise? Por ter estragado em semanas tudo que eles construíram por anos? E por aí vai. Mas Si Cheng e a melhor amiga dela, Chen Jin Yang (Rachel Wang), estão sempre a postos pra dizer PARA DE SER DOIDA.


Lao K, Lao Mao e Xiao Pan

Agora vamos falar do trio parada dura da ZDGX. Lao K (Gao Han), Lao Mao (Xiao Kai Zhong)e Xiao Pang (Sun Kai) tem personalidades bem diferentes entre si e justamente por isso se complementam tão bem, e junto com Lu Si Cheng e Tong Yao, formam um grupo que entrega tudo mesmo prometendo nada.

Xiao Pang infelizmente é o gordinho que serve pra alivio cômico. Estereótipos que deviam ter morrido há tempos, pois é. Mas o ator é muito fofo e o fato dele ser o único da equipe de jogadores a ser receptivo com a chegada de Tong Yao fez eu amá-lo logo de cara. O papel dele enquanto estão jogando também é o papel dele dentro da dinâmica do grupo, aquele que fica pelas beiradas, ajudando todo mundo, dando tudo de si para que os outros possam se sentir confortáveis. O plot em que ele faz um exposed da equipe em um momento de raiva - you go, boy, não tava errado não - se arrepende e pede desculpas cozinhando, e no processo quase destruindo a cozinha toda, para todo mundo é tão ele, e tão amor, afeto, carinho que só quero abraçá-lo.


Já Lao Mao é o hétero-burro-jogador-de-videogame-que-provavelmente-é-bissexual-e-é-apaixonado-pelo-colega-de-equipe. Eu diria que essa é uma ótima descrição do Mao, risos, e eu o amo por isso. Eu amo como ele é lento em entender as coisas, como ele se empolga mais do que qualquer um enquanto está jogando, como ele promete matar todos os inimigos do jogo só por estarem perseguindo sua colega de equipe, como ele é rato de academia, e como ele escuta o Lao K falando sobre hidratação e batom como se fosse a coisa mais importante e fascinante que ele já ouviu.

c a s a d o s e só minha opinião importa

Falando nele, conheça o reizinho do meu coração, o incomparável e show-stopping Lao K. Melhor amigo do Mao, eles são o puro suco do hétero e amigo gay. K ama máscaras de hidratação, entende tudo de maquiagem, estando sempre com lápis preto esfumado nos olhos, é do tipo fechado e frio até decidir que pode confiar em você, além de ser o terror dos adversários.


No início, ele é extremamente hostil com Tong Yao, com quem precisa trabalhar diretamente durante o jogo para que a equipe possa ter uma boa performance. Já percebemos que ele não se adapta bem as mudanças, né, mas quando ele decide que Tong Yao vale a pena, a parceria silenciosa e companheirismo dele é meu alimento dia e noite. Quando descobrimos que ele mudou seu estilo de jogo para ser mais compatível com o de Tong Yao e melhorar a estratégia da equipe? Morri, sabe. Amizade é muito sobre isso. Amo também como todos os três são super shippers de Si Cheng e Tong Yao e ficam colocando pilha na relação dos dois, mas K, sendo o mais perspicaz, entende muito mais do que os outros o que tá rolando e, por isso, cada pequeno movimento que ele faz em prol do casalzinho vale o dobro no meu coração.

A combinação do cinco membros da equipe ZGDX, como vocês podem ver, é bem improvável e poderia dar muito errado, uma salada de fruta onde nada combina e não agrada o paladar, mas graças ao roteiro e ao desenvolvimento dos personagens as personalidades dissonantes se encaixam de forma harmoniosa e o modo como Tong Yao muda a dinâmica entre eles é delicioso e dá um quentinho no coração de assistir, especialmente como ela é o equilíbrio perfeito para a frieza e tom ditatorial de Si Cheng, que se importa profundamente com os colegas, mas tem um jeito silencioso e estoico de demonstrar isso. "Você precisa ensiná-los com amor", ela diz pro namorado e capitão da equipe quando ele dá bronca nos colegas. "Eles não são você", ele responde, ao passo que, então, ela decide pegar essa responsabilidade para si e ajudar aqueles que se tornaram sua família com uma linguagem mais aberta e afetuosa. Um found family de milhões, dreamnáticas.


Xiao Rui, Yu Ming e Lu Yue

Mas o que é uma found family sem pais e um cachorro que caiu da mudança e segue todo mundo já que não tem mais ninguém?!


Xiao Rui (Cui Shao Yang) é o empresário da ZGDX e o pai que tenta agradar os filhos a todo custo e de vez em quando fazê-los obedecerem suas ordens. Super companheiro e protetor com sua equipe, ele também é engraçadíssimo e adorável, além de ser a dupla "mais velha" no meio dos ~jovens de Yu Ming (Yalkun Merxat), conhecido como Deus Ming e ex-jogador supremo da ZGDX, que precisou se aposentar devido a problemas na mão e hoje é o treinador da equipe.


Deus Ming, o que dizer sobre este homem? Consigo ouvir os gritos ao fundo de Vanessa idolatrando-o. O homem tem, sei lá, sete falas durante o drama inteiro? Mas isso não é capaz de abalar sua beleza, presença firme em cena e construir uma laje na nossa mente. O jeito que ele serve estilo e looks é diferente e, às vezes, eu voltava a cena apenas pra apreciar o modo como ele estava servindo tudo. Ele fala pouco, mas fala bonito e todo mundo o escuta porque o respeito impera, já que ele é uma pessoa ética, dedicada e que se importa muito com o mundo do e-sports, mas mais ainda com a ZGDX.


Já Lu Yue (Yao Chi), apesar de ser jogador, está sempre ao lado de Rui e Ming no banco já que ele é o reserva de Tong Yao. E, pasmem, ele é irmão de Lu Si Cheng. Acho que me sinto feliz pelo drama ter pouco explorado essa relação, só as piadas sobre a mãe deles e Lu Yue falando pra ela do possível namoro do irmão com Tong Yao só para a mãe parar de arrumar encontros pra ele já são suficientes, já que...assim...ele é meio chato? Especialmente no começo. Entrou com o propósito de criar conflito na equipe, fez o burburinho e tal, ai acabou ficando, mas senti que meio sem propósito, mas ao longo da história até que ele foi ganhando espaço no meu coração, além de ser um ótimo complemento à dinâmica entre Rui e Deus Ming nos bastidores, enquanto assistem à equipe jogando.


Chen Jin Yang e Ai Jia

Por último, mas não menos importante: a melhor amiga de Tong Yao, Chen Ji Yang, é um ícone. Rica - amo -, empoderada - essencial -, decidida - preach, sister - e faz homem de gato-sapato - girl power, yas queen. Apesar de não ter tanto tempo de tela quanto eu acho que ela merecia, Ji Yang consegue deixar sua marca na história mesmo assim, sendo a amiga segura de si, e que tenta projetar essa confiança para que Yong Tao também a sinta, em um momento essencial em que a protagonista sofre diversas mudanças em sua vida.


Apesar de apoiar Yong Tao na sua empreitada de virar uma jogadora profissional, não tem nada mais que Ji Yang despreze no mundo do que jogadores profissionais, uma vez que o ex-babaca da melhor amiga é um e o seu próprio ex, Ai Jia (Zhou Yi Ran), também. O motivo do término entre ela e Ai Jia é, claro, o mundo dos games, já que ele não sai da frente do computador para lhe dar atenção, segundo ela.


Ai, ai, o karma. É isso que Ai Jia sofre ao tentar reconquistar sua amada. Ele corre mais de uma vez atrás do carro dela - ele até reconhece o ronco do motor a pelo menos um quilômetro de distância! - e promete fazer tudo o que ela quiser se eles voltarem. O jeito que esse homem é caidinho, perdidinho e um rebanho inteiro por ela é diferente. Fofinho e com olhos de cachorrinho perdido, Ji Yang logo é reconquistada por ele e os poucos momentos que vemos dos dois são de derreter o coração e pensar quando será minha fez de ser uma girl boss com um homem me trazendo café na cama, me defendendo de suas fãs doidas no meio de uma multidão e fazendo juras de amor eterno? Fica aí o questionamento.


Falling Into Your Smile possui, é claro, outros personagens, mas em sua maioria são desagradáveis para colocar a trama em movimento, já que nem só de flores se vive, então fica aí um salve para eles. Como diria Baekhyun, "que pena" que não estão nessa lista, se esforcem mais da próxima vez.


Me despeço com último registro dos meus filhos amados em um photoshoot belíssimo.

Assistam Falling Into Your Smile, o entretenimento despretensioso é garantido!



Se inscreva para não perder as novidades!

Obrigada por se inscrever!

ÚLTIMAS POSTAGENS

BUSCA DE POSTAGEM

*Se os gifs retirados do Tumblr não aparecerem corretamente, basta atualizar a página*

CATEGORIAS

TAGS

ARQUIVO DE POSTAGENS