• leticiaafcesar

Kang Tae Oh: (muito mais do que) o garoto da casa ao lado


ATENÇÃO: antes de passar os próximos minutos metade lendo, metade assistindo a gifs como se fossem filme, é de suma importância frisar que ESTE NÃO É UM CONTEÚDO SOBRE ATUAÇÃO. Em outra ocasião oportuna posso escrever sobre talentos artísticos, performances memoráveis e outras combinações de substantivo + adjetivo que sejam diferentes de ROSTINHO + LINDO. Enfim, vamos aos fatos: pra quebrar meu jejum de escrita e de postagem nesse blog, resolvi falar sobre o que está me consumindo no momento: O̶ ̶e̶x̶t̶r̶a̶o̶r̶d̶i̶n̶á̶r̶i̶o̶ ̶d̶r̶a̶m̶a̶ ̶E̶x̶t̶r̶a̶o̶r̶d̶i̶n̶a̶r̶y̶ ̶A̶t̶t̶o̶r̶n̶e̶y̶ ̶W̶o̶o̶ ̶(̶s̶o̶b̶r̶e̶ ̶o̶ ̶q̶u̶a̶l̶ ̶e̶u̶ ̶r̶e̶a̶l̶m̶e̶n̶t̶e̶ ̶q̶u̶e̶r̶o̶ ̶e̶s̶c̶r̶e̶v̶e̶r̶,̶ ̶a̶í̶ ̶s̶i̶m̶ ̶c̶o̶m̶ ̶f̶o̶c̶o̶ ̶e̶m̶ ̶t̶r̶a̶m̶a̶,̶ ̶a̶t̶u̶a̶ç̶ã̶o̶ ̶e̶ ̶t̶u̶d̶o̶ ̶q̶u̶e̶ ̶h̶á̶ ̶d̶e̶ ̶b̶o̶m̶,̶ ̶m̶a̶s̶ ̶s̶ó̶ ̶q̶u̶a̶n̶d̶o̶ ̶t̶e̶r̶m̶i̶n̶a̶r̶)̶ ̶ a beleza de Kang Tae Oh. *toca a música Malemolência, da Céu*


Eu comecei a assistir a dorama por causa das histórias, claro, mas eu continuei assistindo por quê?? POR QUE, você me pergunta? Por causa de momentos como esses:



Sou uma mulher de gostos simples: eu vejo um rosto bonito, eu fico pra ver mais. Meu coração bate, apanha, se sacode, sai gritando AAAAAAAAAAAAA. Afinal, é justo que seja assim, não é? Se existe beleza, tem que existir alguém pra contemplar, e eu sou essa pessoa. É só isso. "Ah, mas que coisa mais superficial," VOCÊ AINDA NÃO VIU NADA!! ESSE É SÓ O COMEÇO, FICA MUITO PIOR!!


"Eu tenho o hábito de sorrir e ser amigável"

Pelo jeito não sou apenas eu, essa pobre cadelinha que vos fala, que pensa assim: de acordo com a pesquisa GoodData (tipo um IBOPE da Coreia), o ator ficou em primeiro lugar no ranking de buscas nessa semana. ÉÉÉÉ galera, tem mais gente entregando que não pode ver um belo rosto que já joga o nome no Google!


Mais do que a beleza óbvia, aquele conjunto de características que se encaixa perfeitamente (perfeitamente demais, pro meu gosto - meu reino por um nariz grande, um dente meio torto, umas marcas de expressão, e nem me faça começar a falar sobre cicatrizes, beleza pra mim tem que ser imperfeita), o que me atrai mesmo é uma outra camada de beleza, mais subjetiva. Algo como charme, carisma, presença, olhar, essas coisas. E, caras leitoras, é isso que ele TEM.


Conheci Tae Oh primeiramente no drama My First First Love (Primeira Vez Amor, na Netflix) e, embora eu não queira falar sobre o drama em si, a primeira cena com ele é realmente muito marcante.

O papel de riquinho fugindo de casa e aprendendo a viver por conta própria já é bom normalmente, mas quando o personagem ganha ares de ingenuidade e doideira, tem tudo pra ganhar meu coração. Se ele tiver um interesse romântico tão fofo, ingênuo e doido quanto, melhor ainda. E se além de tudo isso ele for interpretado pelo Kang Tae Oh, JÁ ERA.


Doidinho e doidinha de My First First Love: foi quando eu SOUBE que ele tem energia de namoradinho

Também não vou analisar título por título de cada trabalho do ator - embora ele esteja reconhecidamente BELÍSSIMO em Run On - mas, dos que eu já assisti, quero destacar os melhores momentos pra apreciar esses olhos enormes de cachorro que caiu do caminhão de mudança, a boca desenhada com o lábio superior ligeiramente mais grosso que o inferior, o nariz (OBRIGADA, SENHOR, PELO NARIZ) mais largo e menos definido do que um nariz padrão, o cabelo espesso graciosamente modelado pra deixar apenas um tiquinho de testa à mostra, toda a área composta por mandíbula, queixo, pescoço e nuca... É o suficiente, minha frágil compleição de mocinha do século XVIII já se encontra enrubescendo.


Run On: na direção do MEU CORAÇÃO <3 <3 <3

Eu abriria uma REDE DE ÓTICAS só pra ele

Mas é isso o que me causa a presença virtual de Kang Tae Oh: a sensação de que sou uma heroína romântica comum que se desfalece ao se deparar com os belos atributos do seu interesse romântico - também comum, embora de um jeito extremamente gracioso. Como leitora e dorameira, sou fascinada pela trama de "o garoto da casa ao lado", ou seja, aquele cara estupidamente bonito porém acessível, simpático como um vizinho bacana porém repentinamente sexy, alguém de quem se pode falar que é "um amor de pessoa" e também "amiga, PASSO MAL!!! você vai SURTAR!!! ele é um ESPETÁCULO!!!".


Os olhinhos de filhote perdido na estrada...

O sorriso e a empolgação contagiantes...

E AÍ DE REPENTE ISSO

inocentemente CRIMINOSO

a mente vai a lugares

Talvez seja algo muito pessoal (e o que a gente posta aqui que não o é, né??), mas essa descrição de beleza aí, na qual, pra mim, se encaixa o Tae Oh (ou será que é a beleza que se encaixa NELE?? O paradoxo Tostines bem aqui), é meu tipo preferido de combinação de características físicas; um conjunto de traços onde a perfeição e a simetria são naturalmente preteridas em lugar do que se percebe organicamente - microexpressões, gestos, detalhes fugazes e olhares, AH MEU DEUS, OS OLHARES - numa composição (talvez rara) de beleza que, ao mesmo tempo em que é sutil, também é evidente, inegável, dolorosamente atraente.


Resumidamente: Kang Tae Oh, seu GOSTOSO!!!!!!

Espero ver o novo namoradinho da Coreia (e meu, dá licença) brilhando em mais papéis que levem o melhor do seu trabalho pra tela. Afinal de contas, ele é muito, muito, mas muito mais do que apenas um rostinho bonito.


BÔNUS

Especialmente para minha amiga Jude, uma observação final: às vezes ele me lembra o Lee Know (Stray Kids). Evidências:



Se inscreva para não perder as novidades!

Obrigada por se inscrever!

ÚLTIMAS POSTAGENS

BUSCA DE POSTAGEM

*Se os gifs retirados do Tumblr não aparecerem corretamente, basta atualizar a página*

CATEGORIAS

TAGS

ARQUIVO DE POSTAGENS