top of page
  • neereis + deboratheobald

Isso é tão (anti)romântico, parte 2


... só que não, Laurinha!


Dando continuidade ao nosso momento ISSO É TÃO ANTIRROMÂNTICO (você pode ler a primeira parte clicando aqui), mais casais que protagonizaram o famoso ANTICLÍMAX da forma mais divertida possível. Preparados?

  • O momento 'pepeô', de Our Beloved Summer (Netflix)

Ah, o reencontro depois de 10 anos! Aquele momento em que você e seu ex-namorado se veem novamente pela primeira vez e podem provar que não são mais os adolescentes de outrora porque a vida adulta chegou e com ela a maturidade para encarar os fantasmas do passado. Para nós, que acompanhamos trechos do romance fofíssimo entre eles, esse reencontro era muito esperado. Como ele vai reagir? O que ela vai dizer depois de tanto tempo? E entre 'serás e e ses', Ung a observa parada em frente à sua porta. Sem pensar duas vezes, ele põe em prática a promessa feita 10 anos atrás: borrifa água e retorna da cozinha com sal, jogando nela como quem finaliza um ritual, antes de despedir-se e fechar a porta atrás de si mesmo. Expurgo? Descarrego? Exorcismo? AMOR REPRIMIDO!!

  • O momento não tô na chuva pra me molhar não, de Weightlifting Fairy Kim Bok Joo (Viki)

A cena que mudou vidas, alterou trajetórias, ressignificou os conceitos de romance e atos de amor. Tudo porque Jung Joon-hyung, aka Nandinho, sendo o homem mais besta, sem noção e muleque do mundo, gira seu interesse romântico, quando ela ainda não era oficialmente o alvo de sua afeição, a colocando em sua frente para protegê-lo da enxurrada gerada pela passagem de um carro. Até hoje consigo ouvir o grito de Bok-joo IAAAAAAAAAA e a cara de indignação da pobre coitada, encharcada e com a memória recente de dias antes, em que o irmão de Joon-hyung havia sido um verdadeiro cavalheiro ao oferecer um guarda-chuva e protegê-la da chuva dias antes.


A quebra de expectativa nela, e em nós, é tão grande, que arranca uma gargalhada estupefata de quem assiste, ainda mais quando temos em nosso imaginário cenas de personagens colocando seus casacos em poças da água para que a amada não molhe os pés dar a volta na poça nunca ninguém pensou, né rs.

  • O momento hetero panic de Tae-moo, de Business Proposal (Netflix)

Quando a mulher que você está, possivelmente, começando a desenvolver sentimentos adormece no seu ombro no caminho para casa e seu coração começa a bater mais rápido que o normal, a frequência respiratória aumenta e você começa a pensar que talvez isso seja melhor do que qualquer hora extra de trabalho que você faz no escritório... Até que ela começa a acordar e você entra em pânico com todo esse borbulhar de sentimentos que nunca sentiu antes e não pode deixar nem um pouco na cara, ainda mais para um date que foi arranjado pelo seu avô, então você delicadamente se esquiva e quebra o contanto, certo? NÃO. Você a afasta com um tapa digno de 'pedala, Robinho' tão forte que a coitada bate a cabeça no vidro e ainda precisa disfarçar a vergonha por sua causa. Ah, os primeiros passos do amor... Um oferecimento Kang Tae-moo, o homem que tenta muito ser romântico, mas no geral, só não sabe como propor o date em casamento no segundo encontro e/ou obrigá-la a refazer infinitamente uma receita até a perfeição não contam como romance, alguém avisa ele.

  • O momento Andressa Urach, de Vincenzo (Netflix)

Eles estavam em lados opostos na arena jurídica que se desenhava, diariamente, cada vez mais perigosa e distante quanto ao conflito de interesses daqueles que defendiam, no caso dela, tanto aos próprios interesses, em se tratando dele. Mas uma força invisível parecia manter os dois sempre perto demais e, mesmo em meio às implicâncias e gritos no meio da rua, eles começaram a se aproximar. E quando Chayoung decidiu fazer uma caminhada noturna com Vincenzo, a fim de conversarem sobre o caso em que estavam envolvidos, a veia italiana do protagonista aflorou. Ele deu um passo para próximo dela, ela aguardou o que viria a seguir. Ele inclinou o rosto para junto do dela, os narizes a alguns centímetros de distância, a respiração compartilhada... até que ele a xinga em italiano, fazendo toda a força necessária para que o sotaque carregado espalhasse gotículas de saliva no rosto dela. Ele virou a Andressa Urach em A Fazenda 6: QUE NOJO!!! E ela, completamente tinhosa, não sabia se se irritava mais pela cusparada ou por não compreender o que fora dito. Quem diria que esses dois acabariam morando em Malta e dormindo todas as noites juntinhos sobre uma cama de ouro? (fonte: não foi preciso).

  • O momento caiu igual jaca madura, de Her Private Life (Netflix)

Eu, nunca, nem em mil anos, poderia acreditar no final dessa cena enquanto eu a assistia. O cérebro já treinado extensivamente em clichês já completou toda a sequência, em que Ryan daria um passo com suas pernas largas, fechando o espaço até a escada e segurando em um movimento gracioso Sung Deok Mi, a colocando segura em seu colo, como uma princesa. SÓ QUE NÃO. Quebrei a cara assim como a protagonista. Quem manda subir de salto alto em uma escada, consigo ouvir os pensamentos de Ryan indo nessa direção.


O pior de tudo é que após o tombo, ainda tem a humilhação. Com Deok Mi espatifada no chão tendo que contemplar a face arrogante de Ryan Gold e seu piscar de olhos que diz 'não estou impressionado'.

  • O momento ressignificando o beijo na testa, de Takara-kun to Amagi-kun (Viki)

O Takara tentou, ninguém pode dizer que ele nunca tentou, inúmeras vezes. Dias de luta, dias de glória, ainda mais quando se namora o Amagi. Ele montou todo um cenário romântico, uma caminhada na praia, a gravação de um vídeo para servir de recordação, se aproximou com cuidado do namorado arisco, apenas querendo um beijinho depois de tanto tempo. Até aí tudo bem... então, Amagi tem um gay panic e ao tentar se afastar do contato físico acaba dando uma cabeçada digna da primeira fase da Copa do Mundo 2022 na testa do amado. Mais antirromântico que um galo na testa? Desconheço. Mas Takara não se abate facilmente e aproveita a distração de Amagi, que está morrendo de preocupação com o que acabou de fazer, e finalmente conquista o famigerado beijo. Como disse: dias de luta, dias de glória.

  • O momento visita ao lixão da Mãe Lucinda, de Link: Eat, Love, Kill (Disney+)

Sendo um exemplo de cuidado, quando Noh Da-hyun vê um carro vindo, perigosamente, em direção a Eun Gye-hoon, ela logo toma a atitude de protegê-lo, o puxando para o lado e tirando-o do caminho do perigo. Com o romance entre os dois dando sinais de faíscas, essa é a hora que prendemos a respiração e pensamos: 'ele vai trombar com o corpo dele, os rostos dos dois ficarão tão próximos que os narizes se tocarão, eles se olharão fundo nos olhos e o coração irá errar uma batida'. Né? Achou errado, otário.


A realidade é que Da-hyun coloca entusiasmo demais na sua tentativa de salvamento e Gye-hoon acaba indo parar em cima de uma banca de produtos, destruindo tudo, como se estivesse deitado em um lixão. A cara nada agradável dele demonstra o que pensa do que acabou de acontecer. Mas tudo que está ruim, pode, sim, piorar. Em desespero, ao tentar ajudá-lo a se levantar, Da-hyun acaba derrubando o homem diversas vezes no mesmo lugar, assinando o seu atestado de doida e destrambelhada. Depois dessa, só se enterrando a sete palmos embaixo da terra.

 

E você, tem mais algum momento antirromântico para acrescer à nossa lista?



Comments


Se inscreva para não perder as novidades!

Obrigada por se inscrever!

ÚLTIMAS POSTAGENS

BUSCA DE POSTAGEM

*Se os gifs retirados do Tumblr não aparecerem corretamente, basta atualizar a página*

CATEGORIAS

TAGS

ARQUIVO DE POSTAGENS

bottom of page