• neereis

Drops Mensais: 03-22

Gostaria de iniciar essa postagem com a melhor imagem do mês: O CASAMENTO BINJIN ACONTECEU! A COISA MAIS LINDA, MAIS DOCE, MAIS PRECIOSA E QUE AQUECEU O CORAÇÃO DE TODA A NAÇÃO DORAMEIRA! Vida longa a Binjin!

como canta o ruivinho: we keep this love in a photograph <3

Passado o surto e enxugadas as muitas lágrimas de felicidade...


Março foi um mês abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza!, como diria o poeta. E eu posso explicar: TEVE MUITO ROMANCE LINDO E PERFEITO! A dramaland sendo servida com bingo de clichê executado de forma excelente, casais maravilhosos, declarações perfeitas, homens lindos e derretendo na frente de suas amadas (25-21 e Business Proposal, estou falando com vocês, sim!) *longo suspiro* a gente venceu demais neste mês!


Seguindo a ordem já meio que estabelecida, finalizei maratona de dramas antigos ou que foram disponibilizados com todos os episódios na íntegra:


Strongest Deliveryman: a segunda metade do drama do iFood foi MUITO superior a primeira, os plots bem condizentes com pessoas da faixa etária dos 20s (exceto pelo prota ser tão amado assim por todo mundo, isso nem existe, nem JC conseguiu, mas ok...) e o casal protagonista serviu umas cenas bem fofinhas, MAS EU QUERO FALAR DO QUE IMPORTA! E se eu terminei esse drama foi por causa deles: o casal secundário. Oh Jin Gyu e Ji Yoon! Dois herdeiros que abdicam de suas fortunas e fogem de suas famílias (cada um à sua maneira) e entram num enemies to lovers que não apenas prometeu, mas entregou! O chaebol humanizado do Seonho (que já era chamado de menino bonzinho!) entrou pra minha listinha de personagens preferidos dele! Infelizmente, na reta final eles tiveram menos destaque na narrativa, o que me deixou com raiva (eu tava vendo por eles, poxa!!!), mas é só me lembrar deles dois morando embaixo do mesmo teto que meu coração aquece novamente. Se eu recomendo? Vai procurar fancam do casal no YouTube ou assistir a esse compilado que conta a história deles completinha!

A gente saiu disso aqui...

E chegou NISSO AQUI!!

The Legend of the Blue Sea (Viki): eu estou apaixonada pela sereia até agora E poderia falar sobre ela por horas porque que personagem cativante! Aproveito o ensejo para registrar que este drama me fez rir e suspirar mais até do que imaginei (inclusive fica aqui o pedido para o Lee Minho fazer personagens que não exijam cargas dramáticas porque ele fica ótimo fazendo um cara divertido e bobo apaixonado) porque não achei que fosse amar tanto uma trama que costurasse a era Joseon à atualidade enquanto me fazia lembrar do filme Splash: uma sereia em minha vida! Eu morri de amores todas as vezes em que ele a chamava de "minha bobinha" e de toda a sequência na sauna; eu morri de rir dela aprendendo a chorar dentro da sacola e dele ouvindo os pensamentos dela a partir do ep 12; eu fiquei besta quando mainha decidiu ver a reta final do drama junto comigo, mesmo sendo legendado, porque achou o Minho lindo (entrando para a estatística de mães). Esse drama tem um elenco incrível, uma família odiosa, um casal apaixonante e uma criança perfeita tudo isso costurado a uma excelente história: recomendo demais!

"A vida é curta e o amor é mais longo que a vida. É por isso que, nessa vida, meu amor não terminará."

Move to Heaven (Netflix): para maiores informações, eu falei sobre esse drama aqui, mas precisava dizer que revi com mainha este mês (foi a escolha dela como segundo drama dessa vida de dorameira iniciante) e que ela amou forte! No começo achava o tio "uma causa perdida", mas no ep em que retrata o passado dele, ficou repetindo pra TV "ô, meu filho, me perdoe", enquanto virava pra mim "coitado dele, por que tu não me disse que ele tava todo arrombado por dentro?" ~momentos~. Inclusive, ela amou o Geuru e amou mais ainda ver o ator como prota porque tinha acabado de assistir a ele em CLOY e ficava toda hora "quem diria que o soldadinho trapalhão era bom ator assim!?"

Mainha, nesta cena: Geuru, eu também não como se a gema furar, eu te entendo, menino!

Juvenile Justice (Netflix): "Crianças que sofrem violência doméstica nunca crescem. 10 anos? 20 anos? Eles sempre vão ser a criança abusada." Esta foi a 3° escolha de mainha, fora da curva, eu sei, então fui convidada a ver pessoas gritando para que se revogue o ECA enquanto adolescentes faziam merdas colossais, cometiam crimes horrendos ou se tornavam vítimas do sistema/de uma sociedade adoecida e perversa. E posso falar? Eu achei ótimo!! Mainha também, mas ainda está traumatizada com tudo o que "presenciou" e me disse que precisa parar de inventar moda e voltar pros romances, rs.

Adendo: passei o tempo todo querendo mudar o cabelo dela...

Sobre os que estavam/estão no ar, preciso dizer que, além dos listados abaixo, vi o começo de Crazy Love, mas achei o protagonista insuportável e a história não me apeteceu, por isso larguei e não pretendo voltar a ver (queria muito pelo casal protagonista, mas teremos outras oportunidades com eles, amém).


Thirty-Nine: "você já teve esse tipo de sentimento em que você está tão cheia de gratidão que você não consegue agradecer direito?" acabei de assistir ao último episódio e essa pergunta da Chan-young continua martelando em minha mente porque foi isso que esses 12 capítulos me mostraram: a gratidão por se estar vivo e rodeado por quem se ama; a gratidão por vivenciar uma história tão linda e especial. Amizade, tristeza, dor, honestidade, verdade, amor, afeto, sensibilidade, beleza: talvez esses sejam os ingredientes desse drama. Joohee, Mijoo e Chan-young estão eternizadas em minha memória e foi importante demais pra história mostrar como duas se tornaram três e como três viraram duas sem apelar pra sensibilizar, mas ganhando justamente nas cenas delicadas e sensíveis de toda a dor de existir com a realidade da finitude dos dias de quem se ama e quer bem. Eu chorei e ri em escalas que não imaginava e sinto que preciso falar sobre este drama e tudo o que ele me fez sentir. Por hora, fica a recomendação desse drama belíssimo que fala das variadas formas de amor e conta como ninguém como é viver de saudade; no depois de.

Nós começamos como três e agora somos duas sentindo a sua falta.

Business Proposal: eu me encontro neste momento como a Mari que se resume em 04 palavras: muitos sentimentos, pouca coerência. Porque é assim que esse drama tem me deixado às segundas e terças. É a melhor coisa da minha semana porque não apenas acertou em cheio nos protagonistas e nos secundários no que diz respeito a romance, mas também nas relações de amizade! As metalinguagens da trama, O ROMANCE arrebatador, as risadas e o coração quentinho no final de cada capítulo... ACLAMADO! Faltam dois episódios para o fim da história e eu já estou com saudades! Este é daquele tipo de história sobre a qual eu precisarei falar, mas que eu não sei se terei as palavras corretas a fim de expressar tudo o que me faz sentir! Até a sonsa deixou de ser sonsa! Eu tô obcecada por um Archaeopteryx e estou vivendo um grande momento, graças a Deus!

An? Quê? Perfeito? Taemooooooooo!!!!

A Superior Day (Viki): oito episódios, um por semana, mais crimes pela OCN. Parecia a receita perfeita para que eu dissesse "SIM"! Eu adorei o primeiro ep e fiquei maluca com o modus operandi do assassino porque achei genial transformar a cena do crime numa obra de arte eternizada com o sangue da vítima, mas ainda não consegui me conectar com nenhum personagem e me sinto um pouco irritada com a burrice de alguns deles... vamos ver o que o futuro me reserva sobre eles porque, até o momento, eu só tô aqui pelo vilão e ansiosa pra saber o que ele vai fazer em seguida! PS: Debora, tem um plot sobre comer vidro que é IMPOSSÍVEL não lembrar de você!

#np The_Beatles_Help.mp3

Saindo dos dramas, passei a assistir ao Showterview da Jessi sempre que quero matar o tempo com algo divertido e curto (vejo tudo fora de ordem mesmo, assistindo àqueles com o artista que me interessa no momento; clicando aqui você vê um dos meus preferidos até o momento) e maratonei Stray Kids Survivor e Show me the Money 3. O primeiro, conta como o Stray Kids se preparou para debutar e eu me vi sofrendo por eliminação de integrante que tá na banda (como explicar a mente humana, né?) e caí no buraco que é virar fã de mais 8 meninos talentosíssimos, lindos e perfeitos e me vi cadelinha de Minsung (a cena das mãos dadas e o que o Minho falou no vídeo de despedida tá gravado na memória) e enchi a pobre da Jude de mensagens desesperadas (teamo, Jude!). O segundo foi o resultado de uma curiosidade aflorada durante o Kingdom porque toda hora alguém falava sobre o que o Bobby havia feito no Show me the Money 3: eu tinha de conferir!

E eu acho merecidíssima a vitória dele, mas preciso falar que a temporada, até a semifinal, pra mim, foi do Iron: eu não consigo tirar a apresentação (e a letra! e os quilos de verdade!) de Malice (que você vê legendada clicando aqui) da cabeça!! Eu amo rap lines porque sou muito encantada pelo estilo, então pretendo ver as outras temporadas do programa (e espero que a edição tenha melhorado porque essa eu achei uma bagunça!).


Os bons ventos (literalmente) trouxeram o Sehun pra tela grande e o filme que assisti foi Pirates 2 (Netflix): "he lived a spiritless life and died without achievement; all he left was this spoon," por isso aqui eu já sabia que o filme seria divertido porque tudo o que não aconteceria, era se 'levar a sério'; graças a Deus. E eu adorei as horas de risos e de voltar ao sentimento de ver Piratas do Caribe, por exemplo. A personagem da Soobin (representando as exol, rs) quebrando a cama pra o Sehun consertar e ficar perto dela: 10/10 (na verdade, todos os jequitis não posso chamar de cena, eram flashes de tão rápidos deles eram ótimos!). Toda a sequência dos pinguins!!! A capitã tomando iniciativa pro romance! Não achei que fosse me divertir tanto, aliás. Em uma palavra: MOOCHI!

sou lindo

Musicalmente, eu continuo presa ao INVU da Taeyeon, ao Obsession do Exo e viciadíssima em Monsta X. Há algumas músicas que tenho ouvido todos os dias e percebi que todas tinham vibe de 'músicas que tocariam numa programação de FM e/ou seriam excelentes para iniciar ou encerrar programas de FM; o que fez nascer essa playlist aqui. O lançamento do mês, o aguardado comeback do Stray Kids, está PERFEITO, também me acompanha todos os dias, porque um dia sem os assovios de Charmer é um dia perdido! Como diria a Taylor Swift, eu me tornei "Stay Stay Stay" e feliz demais porque talento escorre desses meninos: amém, SKZ, obrigada por tudo!

Eu deveria trazer o MV deles aqui, assim como comentar a perfeição visual do MV das Red Velvet (que eu gostei mais do vídeo que da música), mas tá aí de forma clicável porque quero deixar estampada a cara desse criminoso:

Gif apenas para deixar aqui a beleza de um dos seres humanos mais lindos do mundo.

E é isso! Até mais!

Nos vemos em abril! Vida longa a Binjn!

Se inscreva para não perder as novidades!

Obrigada por se inscrever!

ÚLTIMAS POSTAGENS

BUSCA DE POSTAGEM

*Se os gifs retirados do Tumblr não aparecerem corretamente, basta atualizar a página*

CATEGORIAS

TAGS

ARQUIVO DE POSTAGENS